Sinecom-JP

Campanha pelo Trabalho Decente

Data publicação: 06/07/2016    Autor: Marcell    Categoria: NewsPaper

A um mês do início dos Jogos Olímpicos Rio 2016, a Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio e Serviços da CUT (Contracs/CUT) lança sua Campanha pelo Trabalho Decente para estabelecer diretrizes para tratar as relações trabalhistas envolvidas e firmadas para e em razão do evento esportivo.

Bandeira histórica da Confederação, a Contracs defende que todos os trabalhadores/as do ramo – e em especial os trabalhadores do setor hoteleiro, que estão diretamente impactados pela realização dos Jogos Olímpicos – tenham seus direitos respeitados, principalmente a liberdade sindical, a negociação coletiva, livre de todas as formas de trabalho forçado, abolição do trabalho infantil, sem discriminação em matéria de emprego e ocupação, com promoção do trabalho produtivo e de qualidade, proteção e diálogo social.

De forma a garantir o trabalho decente neste período, a Contracs é signatária do Compromisso Nacional para Aperfeiçoar as Condições de Trabalho no Setor de Turismo e Hospitalidade nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 e deve envolver suas entidades filiadas de todo o Brasil para garantir e promover o trabalho decente juntamente aos seus trabalhadores/as de base.

O coordenador do setor hoteleiro da Contracs, Antonio Carlos da Silva Filho, destaca que a realização da campanha é um marco para a confederação, que historicamente já defende o conceito e a garantia do trabalho decente. “É de suma importância o trabalho da Contracs na garantia do trabalho decente. A história da confederação mostra essa preocupação ao longo dos seus 25 anos. Somos favoráveis à realização dos eventos, mas queremos que as empresas respeitem as condições e os direitos dos trabalhadores/as.”

Antonio ainda ressaltou a importância do Compromisso Nacional e sua continuidade desde a construção tripartite antes da Copa do Mundo de 2014. “O Compromisso Nacional é um instrumento de luta e é um trabalho que começou no início de 2013 quando construímos o termo para a Copa de 2014. O governo teve a responsabilidade de dar sequência a essa mesa tripartite após a realização do Pacto para a Copa. O Pacto é um instrumento do movimento sindical e dos trabalhadores/as para garantir condições de trabalho e também é uma ferramenta para denunciar as empresas que venham a praticar tudo que é contrário à definição do trabalho decente.” reiterou.

Campanha
A Campanha pelo Trabalho Decente para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos 2016 se desenvolverá de 5 de julho a 18 de setembro de 2016 e conta com materiais como cartaz, folder e adesivo com o objetivo de engajar entidades sindicais, trabalhadores/as e a população na defesa e garantia do trabalho decente.

As entidades filiadas à Contracs devem desenvolver a Campanha em sua base e juntamente aos trabalhadores e trabalhadoras do setor hoteleiro, que são diretamente impactados pela realização dos Jogos.

Além da Campanha pelo Trabalho Decente, a Contracs relança a Campanha contra a Exploração Sexual Infantil, que tem por objetivo incentivar as denúncias de exploração sexual de crianças e adolescentes durante os Jogos. A campanha já foi lançada durante a Copa do Mundo 2014 e teve grande repercussão. Para a Contracs, proteger crianças e adolescentes da exploração sexual infantil e do trabalho infantil são de extrema importância para o futuro de nosso país.

Para acessar os materiais da Campanha do Trabalho Decente, clique aqui.

Para acessar os materiais da Campanha contra a Exploração Sexual Infantil, clique aqui.

Para mais informações
Adriana Franco
(11) 2091-6620
imprensa@contracs.org.br

Tags: